Archive for março \25\UTC 2009

Mister Simpatia

25/03/2009

Peço licença para fugir um pouco do formato do blog pra fazer um anúncio muito especial.

O Cadu, nosso Papai Simpatia é um dos indicados no concurso promovido pelo site Monalisa de Pijamas, que elegerá o Blogueiro Mais Bonito da blogosfera brasileira. Já a escolha do Mister Simpatia da Blogosfera será por voto popular e já está no ar: vote aqui

Anúncios

Hóspedes do Barulho

24/03/2009

Minha ex a mãe dos meus filhos e a mãe dela vieram visitar as crianças, vão passar uma semana em casa. Chegaram no final de semana e as crianças desceram empolgadas para recepcioná-las, eu desci com menos entusiasmo.

Chegando lá embaixo avistei minha ex tirando as malas do carro e minha sogra na porta do prédio de costas para mim.

– Bom dia! – cumprimentei.

– Bom dia – ela se virá e vem o susto.

Minha ex resolveu fazer peeling e levou a mãe junto, a cara da vovozinha das crianças estava toda pendurada pelo rosto. Com direito a partes vermelhas e pedaços de pele pendurada.

– Como vai?

Ela esticou a mão e fez biquinho de quem queria me cumprimentar com dois beijinhos, e eu apertei a mão, dei um passo para trás e falei.

– Estou bem… meio… caído… de cansado, mas vou ali pegar as malas.

Quem Quer Viver Para Sempre?

19/03/2009

Coloquei as crianças na cama, fui até a cozinha, fiz uma refeição rápida e estava voltando para o meu quarto quando parei na porta deles para observá-los.

Fiquei pensando nas semelhanças que temos, não apenas as físicas, o menino é magro como eu era na idade dele, a menina tão tímida quanto eu na escola. E fiquei pensando em quanto dos meus genes estão com eles.

Será que eles vão ter as mesmas dificuldades que eu? Será que eu vou saber ajudar adequadamente?

Então pensei neles mais velhos, bem mais velhos, quando eu não estiver mais com eles. Como será que eles vão se lembrar do pai? Quando outra pessoa perguntar a eles: “E seu pai? Como ele era?” O que eles vão responder? Do que eles vão se lembrar?

Me lembrei que no sábado eu apresentei para eles o tereré (uma bebida gelada feita com mate).  A Linda adorou, tereré é uma bebida que eu aprendi a tomar com amigos no interior de São Paulo e que me faz lembrar as rodas de amigos rindo e conversando alto enquanto passávamos a guampa. Será que um dia ela vai sentar com amigos para tomar tereré e rir e vai pensar “meu pai me ensinou a tomar tereré”.

Foram pensamentos reconfortantes, acho que é isso que significa viver para sempre nos filhos. Eles vão carregar o que eu tenho de bom e ruim a ensinar. Preciso me certificar que vou ensinar uma grande maioria de coisas boas.

Amizade

10/03/2009

Uma vez eu li em uma dessas “frases de agenda de menina” que falava:

“Você pode comer com seus amigos, beber com eles, rir com eles, mas a amizade completa acontece quando você chora com eles.”

Alguns dias atrás bateu uma saudade muito forte de uma pessoa, aquela saudade que aperta o peito até doer, a menina foi a primeira a perceber.

– Por que papai está triste?

Pensei em dar uma desculpa, mas resolvi falar o que sentia.

– Papai está com saudades de uma pessoa.

– Não fique triste não, eu fico triste de ver papai triste.

– Eu sei filha, desculpa, mas isso é normal, ficar triste é parte da vida, como ficar alegre.

– Mas é ruim ver você assim.

A essa altura eu já estava chorando igual uma menininha.

– Eu sei, eu também não gosto de ficar assim.

Ela me abraçou e choramos juntos, o menino veio em silêncio e abraçou nós dois e sem saber o por que também chorou. Ficamos assim, abraçados, até consumirmos aquele sentimento.

Diálogo no dia internacional da mulher

08/03/2009

– Papai?

– Fala filhão.

– Quando o papai era criança pensava em ter quantos filhos?

– Quando eu era criança eu não pensava em ter filhos.

– Mas ai o papai ia ficar sozinho e o papai não gosta de ficar sozinho.

– Isso mesmo, papai não gosta de ficar sozinho.

– Então por isso que o papai casou com a mamãe?

Tentei me lembrar do motivo real de ter casado com ele mas me pareceu meio distante

– Não filho, não foi por isso. Você acha que o papai devia casar de novo?

– NÃO!

– Por que não filho?

– Por que o papai pode ter outros filhos e podem nascer meninas e eu não vou aguentar outra irmã.

Onde a Mamãe não chega

05/03/2009

Hoje foi a primeira vez que o Lucas conseguiu contar um sonho pra mim. Até então, eu não tinha certeza se ele sabia o que era sonhar.

Tadinho, nem foi um sonho bom, foi um pesadelo. Ele veio todo choroso contar que gritava: “Alguém me salva! Alguém me salva!” e ninguém o ajudou. Disse que estava escorregando pelo vão do metrô e que a barriga dele doía. Então expliquei pra ele que aquilo tinha sido um sonho, que ele tinha imaginado tudo enquanto dormia.

Só sosseguei quando percebi que ele realmente havia entendido o que é um sonho. Não que seja tão importante aprender o significado da palavra, mas porque queria que ele entendesse porque eu não estava lá para salvá-lo.

Histórias de amor

03/03/2009

Tomando lanche no domingo a tarde deixei o Last.Fm tocando quando a Linda reconhece uma música.

– Pai, essa música é daquele filme.

– Que filme filha?

– Aquele que ele se apaixona por ela e depois brigam.

– Essa descrição inclui filmes, novelas, e principalmente vida real filha.

A figura feminina

03/03/2009

Acabei de descobrir esse vídeo e achei que ele complementa perfeitamente o post de ontem do Cadu. A figura feminina se fazendo presente:

UPDATE: O video original que a Doduti colocou saiu do ar. Troquei para o vídeo indicado pela Herika indicou. Obrigado Herika 🙂

Ausência de figura feminina

02/03/2009

Foi chupado do Capinaremos por indicação do meu irmãozão Jão. Mas não sou assim não, a maior parte do tempo.

vespas1

Más notícias

02/03/2009

Estou no computador postando no twitter, ouvindo música, teclando, minha filha deitada na cama ouvindo música comigo, o menino estava no outro quarto brincando e vem para o meu lado.

– Pai, tenho más notícias.

Olho para ele por dois segundos.

– O que você quebrou filho?

Ele tira um brinquedo de trás das costas.

– Quebrei meu carrinho novo pai.

Coloco ele no colo.

– Não são notícias tão ruins assim filhão.

– Por que?

– Seriam piores se você tivesse quebrado algo meu.